A LGPD para pequenas empresas exige alguns cuidados e investimentos em armazenamento e segurança dos dados.

Agora é oficial! A Lei Geral de Processamento de Dados, conhecida como LGPD, já está em vigor no país e colocou todas as pessoas jurídicas no mesmo barco. Sendo assim, a LGPD para pequenas empresas também é obrigatória. E elas precisam se adequar ao que determina a lei para que não venham a sofrer as sanções administrativas, que começarão a ser aplicadas a partir de 1 de agosto de 2021.

Apesar de as pequenas empresas terem direitos específicos que devem ser garantidos por legislação própria, como determina a Lei Complementar 123/2006 em seu parágrafo 3, do artigo 1ᵒ e embasada no Artigo 170 da Constituição Federal, em seu parágrafo IX, a LGPD não trouxe diferenciações para essa parcela que corresponde a um grande contingente do PIB da economia nacional.

Sendo assim, não importa se você é responsável por uma micro, pequena, média ou grande empresa será necessário organização, investimentos em recursos de TI e segurança a respeito da coleta, armazenamento e uso dos dados dos seus clientes e funcionários.

O que é a LGPD?

De maneira resumida, a LGPD tem como principal objetivo dar autonomia para que as pessoas físicas tenham acesso a todas as informações que uma empresa possua a seu respeito, isso no que diz respeito a dados pessoais que não são públicos, como nome completo, endereço, etnia, documentos, telefones, religião, entre inúmeros outros.

Além disso, as pessoas também passam a ter o direito de saber como conseguiram esses dados, para que são utilizados, com quem os compartilha, inclusive de ter acesso à autorização que concede o direito de armazenamento e uso dos mesmos e a solicitação de exclusão imediata dessas informações do banco de dados da empresa.

Em um período onde a tecnologia e a internet viraram rotina na vida da sociedade, essa lei não deixa de ser um avanço no que diz respeito aos direitos dos usuários. Afinal, não é incomum a venda de informações para terceiros, como empresas de telemarketing, por exemplo, ou ainda pior, os cyber ataques, que podem trazer prejuízos para empresas e pessoas, cada vez mais comuns no ambiente virtual.

Sendo assim, a Lei torna as empresas responsáveis por qualquer eventualidade que aconteça com esses dados, assim como o uso das informações de forma indevida e sem autorização, sob pena de sanções administrativas pesadas, que podem ir de 2% do faturamento anual da empresa até R$ 50 milhões de reais (isso a partir de agosto de 2021).

O impacto da LGPD para pequenas empresas

Investimentos em tecnologia e segurança da informação serão imprescindíveis para o compliance da LGPD para pequenas empresas, isso logo após um período conturbado e de forte impacto econômico mundial causado pelo Covid-19.

De qualquer maneira, não é necessariamente um bicho de sete cabeças, desde que seja feito o planejamento e a organização sobre quais dados sua empresa precisa, efetivamente, coletar e armazenar de seus clientes e funcionários para o uso nas práticas que estejam relacionadas à política de seu negócio.

Além, é claro, de oferecer uma comunicação efetiva e clara com seu público e colaboradores e ter a autorização expressa da pessoa para a utilização dessas informações.

Soluções tecnológicas para a LGPD em pequenas empresas

Simplificando, você, como empresário, além dos aspectos legais referentes à nova legislação, será preciso utilizar sistemas que garantam, principalmente: o armazenamento das informações digitais com segurança.

Investir em uma empresa fornecedora de tecnologia de informação para pequenas empresas é um dos melhores caminhos. E essa é a expertise da CTECH, que possui diversas soluções para otimizar e operacionalizar a sua rede de computadores, oferecendo segurança e atendimento de ponta.
Com relação aos sistemas de TI que oferecem facilidades e tranquilidade em relação à LGPD para pequenas empresas, é necessário ter um servidor compatível com o tamanho da sua instituição e que atendam a necessidades como, segurança em caso de perda de dados, acessos não autorizados a dados sigilosos, vazamento de informações, entre outros.

Servidor adequados

O i-SERVER da CTECH cumpre esse papel com excelência, pois fornece tecnologia e gestão de ponta para garantir a integridade e a privacidade dos dados da sua empresa, inclusive de seus clientes e funcionários. Com ele, você pode limitar o acesso às informações de acordo com o cargo/ setor que um colaborador atua, independente se ele trabalha home office ou não.

Back-up dos dados

Outra ferramenta importante a ser utilizada em relação à LGPD é o armazenamento das informações, visto que, com a lei, o cliente tem direito a ter acesso, a qualquer tempo, ao documento que concede à sua empresa a autorização de uso dos dados pessoais coletados. Sendo assim, o I-BACKUP é uma solução prática e de qualidade, pois garante que esses dados sejam guardados com segurança, em uma Cloud privada de propriedade da CTECH.
Essa cópia é imprescindível para a sua empresa caso ocorra algum problema com seu servidor e coloque em risco a perda de qualquer informação armazenada.

Segurança da Internet

O home-office ficou ainda mais evidente na época da pandemia do Coronavírus, ou seja, os colaboradores passaram a acessar remotamente os dados da empresa para que o trabalho seja realizado. Entretanto, é importante garantir a segurança desses dados mesmo trabalhando em casa.
E é isso que o i-NET da CTECH proporciona. Com o uso de um roteador avançado entre a sua rede e a Internet é possível evitar ataques cibernéticos externos, além de garantir a produtividade da sua equipe. Uma solução otimizada de acordo as necessidades da sua empresa.

Como escolher as melhores soluções de TI para pequena empresa

Todos sabemos que as necessidades das pequenas empresas são diferentes das grandes corporações, assim como o budget disponível para investir em soluções voltadas para Tecnologia da Informação.
Sendo assim, o importante é ter um estudo adequado do que a sua empresa realmente precisa. Uma boa dica é buscar um fornecedor de TI especializado em serviços para pequenas empresas e que possam oferecer planos personalizados e que acompanhem o seu crescimento.
Além disso, quanto menos tempo sua empresa precisar se despender para resolver problemas focados em sistemas, hardwares, redes ou servidores, mais tempo terá para focar na gestão do seu negócio.
E é isso que a CTECH oferece para pequenas empresas: implantação e gestão de redes de computadores, segurança e suporte técnico personalizados e otimizados de acordo com o tamanho da sua instituição. Tudo isso é importante para garantir a produtividade de seus colaboradores e, também, a qualidade e a transparência do seu produto/serviço junto aos seus clientes.

Vem com a gente para muito além da tecnologia!